quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Tecnologia e Yvyrupá



Mesa de abertura com autoridades indígenas e acadêmicas
O Projeto Mediações Culturais do Programa de Pesquisa e Extensão Revitalizando Culturas foi convidado pelo Curso de Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC a participar do Seminário Mapa Yvyrupa: Cartografia Digital do Território Guarani, uma plataforma interativa que tem como intuito sistematizar e disponibilizar informações sobre a situação territorial dos povos guarani. Foi nos dias 14 e 15 de outubro de 2016, e teve o apoio do Centro de Trabalho Indigenista - CTI, da Comissão Guarani Yvyrupa - CGY e do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN.

Extensionista Rafaela, prof. Jaci Gonçalves e Xeramoi de Imaruí Augusto
O Mapa Yvyrupa - muito bem desenvolvido e em fase final de implantação – mostra detalhes da situação das terras indígenas guarani. A plataforma está disponível no site guarani.map.as. Através dela, é possível ver se a terra foi habitada por guaranis recentemente, se os guarani se encontram lá, se a terra está demarcada ou não, se há sítios arqueológicos na região que comprovam a presença dos guaranis há muito tempo, se é área de preservação ambiental, entre outras informações valiosas.

Foi uma alegria participar desta troca muito rica no miniauditório do CFH – Centro de Filosofia e Ciências Humanas da UFSC. Na noite do primeiro dia, os Xeramoi – sábios anciãos das aldeias – expressaram sua rica experiência. Cada um trouxe um tema de sua escolha. A fala foi em guarani com posterior tradução. Eles compartilharam a mitologia guarani, suas experiências com demarcação e compra de terras, opiniões acerca das relações políticas que os envolvem, sugestão para a arqueologia consultar os guarani, pois muitos dos artefatos encontrados e transferidos para museus são objetos sagrados para o povo. No sábado pela manhã, as falas de várias lideranças indígenas em guarani, de representantes de OGs e ONG’s fortaleceram a idéia de uso da tecnologia para facilitar o entendimento e motivar as ações pelo poder público e os não-índios.



Leonardo Werá traduz as palavras dos velhos sábios

 
Mesa com os Xeramõi


Rafaela Iwassaki

Extensionista do Projeto Mediações Culturais 
Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão Revitalizando Culturas

Nenhum comentário:

Postar um comentário