domingo, 29 de março de 2015

O local interessa ao mundial: Diferença como riqueza para todos! Abaixo, porém, a desigualdade!


Com grande alegria constatamos que ao final do XXI Congresso Internacional de Antropologia Ibero-Americana, coordenado pela Universidade de Salamanca (Espanha) e Universidade de São José (SC), o tema do entendimento da diferença como riqueza foi a marca em todos os diálogos acadêmicos das etnografias intercontinentais apresentadas. O prof. Dr. Jaci Rocha Gonçalves resume assim esse aspecto:

"Focaram-se temas de desafio atual como a Desigualdade, não! Acolhimento da diferença, sim! O aprendizado da luta contra a desigualdade, de um lado, e pela valorização da diferença étnica como riqueza da mundialidade, de outro, formam uma urgência epocal que não dá mais para postergar."

Nesse espaço de diálogo internacional, a UNISUL confirmou mais uma vez a importância dos seus objetivos de valorização cultural  com um dos pilares reflexivos escolhidos no contexto de seu cinquentenário. E o Revitalizando Culturas fica feliz por sido seu porta-voz.

Jovens guarani-mbyá, no camarin, preparam-se para cantar seus mantras na abertura do Congresso Internacional.
 Assista a matéria sobre o XXI Congresso Internacional de Antropologia Ibero-Americana acessando o link: https://www.youtube.com/watch?v=Hfert6e0iPA

Nenhum comentário:

Postar um comentário